Adriano Ribeiro é o novo Partner da IT PEERS

Adriano Ribeiro tem mais de 30 anos de experiência e é, a partir deste mês, o novo Responsável Financeiro e Comercial da IT PEERS

Adriano Ribeiro conta com uma vasta experiência na área de Gestão e Finanças. Após a conclusão da licenciatura em Economia pela Universidade do Porto, iniciou a sua carreira em dezembro de 1982. Desempenhou funções de CFO na Sonae Distribuição (Portugal e Brasil) entre 1993 e 2009. Nesse ano de 2009 passou para o grupo MDS (mediadora de seguros do grupo Sonae) onde esteve como CFO até 2011. De 2012 até 2016 desempenhou funções de CEO na I2S e em 2016 abraçou um novo projeto, também como CEO, na bwd – digital transformation, empresa que tem vindo a afirmar-se no panorama nacional de TI como líder em soluções de digitalização, gestão documental e automatização de processos. 

"A IT PEERS é um projeto aliciante e sem dúvida que estou muito motivado para contribuir para o seu crescimento. É uma honra para mim fazer parte deste projeto que tem dado que falar não só em Portugal, mas também além fronteiras", refere Adriano Ribeiro.

“Receber uma pessoa como o Adriano na nossa equipa é uma enorme mais-valia, pela experiência, dinamismo e grande capacidade de trabalho que sempre demonstrou ao longo da sua carreira. Para além de um bom amigo, é uma pessoa de forte caráter e grande dedicação, que certamente vai deixar a sua marca no futuro da IT PEERS”, refere Jorge Duarte, CEO.

Parceria comercial com a brasileira Delphos

A IT PEERS reforçou a sua presença no mercado brasileiro através de uma nova parceria comercial com a empresa Delphos, que tem presença no Rio de Janeiro e em São Paulo

Pioneira na prestação de serviços específicos e especializados para o mercado segurador brasileiro, a Delphos tem capacidade para responder a todos os pedidos relacionados com seguros, com soluções que vão desde as variadas pesquisas iniciais e avaliação preliminar dos riscos, até à completa gestão de carteiras.

Além de oferecer soluções em tecnologia da informação ao mercado segurador, é também experiente na criação de produtos, regulação de sinistros, desenvolvimento tecnológico, atendimento telefônico para SACs e Ouvidoria, e quaisquer outros serviços que permitam às seguradoras terceirizar algumas das suas atividades operacionais, ou mesmo todas elas.

“A Delphos é uma empresa muito profissional e muito experiente e acreditamos que é o parceiro ideal para continuarmos a gravar o nome do Datapeers no mercado brasileiro. Este momento é muito importante para nós pois o Brasil está a passar por uma reestruturação da sua legislação referente à proteção de dados e brevemente irão ter uma lei muito semelhante ao nosso RGPD”, refere Jorge Santos Silva, Latin America Business Director da IT PEERS. “As empresas precisarão cada vez mais de soluções de mascaramento de dados, para que possam estar em conformidade com a nova lei e o Datapeers cumpre esse propósito na perfeição. Já notamos um aumento da procura da nossa solução e a tendência é que esta procura aumente muito nos próximos meses”, acrescenta.

"Com as oportunidades trazidas pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados – RGPD, já existente na Europa e agora sendo implementado no Brasil em função da nova da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), já aprovada no Congresso Nacional Brasileiro, a Delphos acredita que terá muitas oportunidades para tornar o Datapeers um software de elevada importância e referência no Brasil", refere Carlos Trindade, diretor da empresa brasileira. 

Com a parceria formada entre as duas empresas, a DELPHOS representará o Datapeers em todo o território brasileiro, atuando na divulgação do produto, na prospeção de vendas, na implantação da solução e no suporte no pós-venda, tanto no mercado segurador como em empresas de outras atividades, sobretudo as que se encontram ligadas a grupos financeiros. 
 

IT PEERS desenvolve projeto de arquitetura de sistemas na Casa da Música 

A IT PEERS terminou recentemente um projeto de consultoria em arquitetura de Sistemas de Informação na Casa da Música. Com este projeto de consultoria levado a cabo pela IT PEERS, pretendeu-se explorar ao máximo os conceitos de SaaS e IaaS atualmente disponíveis no mercado, de forma a reduzir riscos e custos inerentes à operação atual dos Sistemas de Informação da Casa da Música e ao mesmo tempo incrementar a agilidade e flexibilidade dos mesmos.

O projeto teve como objetivo final a definição de cenários futuros onde se privilegiam os paradigmas SaaS e IaaS, permitindo uma evolução tecnológica segura para os sistemas que suportam a atividade da Casa da Música. Numa primeira fase, foram identificados requisitos e diretrizes estratégicas da Casa da Música e teve lugar uma análise detalhada da atual arquitetura de Sistemas de Informação existente na organização. Analisaram-se então os cenários de evolução criados comparativamente à situação atual com base em critérios qualitativos e quantitativos, tendo sempre como metas o reforço da segurança da informação, a maximização da eficiência, a modernização tecnológica e a otimização de custos. 

“A IT PEERS dispõe de uma oferta própria de serviços e produtos na Cloud e colabora atualmente com diversas empresas de referência na elaboração e desenho de soluções assentes nos paradigmas de SaaS e IaaS. Temos experiência e know-how suficientes para prestar um serviço de excelência neste setor. Estamos por isso muito orgulhosos de poder colaborar com uma instituição de referência como a Casa da Música, ajudando-a a definir uma estratégia e arquitetura de TI futuras num contexto aplicacional exigente, muito diversificado e com elevada visibilidade”, refere Jorge Duarte, CEO da IT PEERS.

“Na Casa da Música sentimos necessidade de evoluir para soluções que nos permitam atingir os níveis de desempenho, segurança, agilidade e disponibilidade para prestar continuamente o melhor serviço aos nossos clientes, colaboradores e parceiros, pelo que decidimos olhar de forma decisiva para as ofertas Cloud. Consideramos que a IT PEERS é o parceiro ideal para esta área, devido à sua vasta experiência e à diversidade de clientes com os quais trabalha neste domínio. Temos confiança que a nova arquitetura desenhada nos permitirá agora avançar na direção certa, reforçando o contributo dos Sistemas de Informação para o sucesso da Casa da Música”, refere Nuno Guedes, Diretor de Sistemas de Informação da Casa da Música.

A Casa da Música foi criada para assinalar o ano festivo de 2001, em que a cidade do Porto foi Capital Europeia da Cultura, e é o primeiro edifício construído em Portugal exclusivamente dedicado à Música, seja no domínio da apresentação e fruição pública, seja no campo da formação artística e da criação. É um dos pontos de interesse mais visitados e um dos maiores marcos arquitetónicos da cidade do Porto, e em 2017 realizou um total de 1539 eventos, contou com a presença de 645 611 espetadores e vendeu cerca de 145 000 bilhetes.

Evento da IT PEERS no México foi um verdadeiro sucesso

O evento organizado pela empresa portuguesa com o apoio da Embaixada de Portugal no México reuniu algumas das maiores organizações tecnológicas do Mundo. Um dos objetivos deste evento foi dar a conhecer a tecnologia portuguesa na área de segurança dos dados e monitorização de negócio aos empresários mexicanos. A empresa portuguesa, que tem sede na Maia, mostrou desta forma que está de “pedra e cal” no mercado mexicano. 

“Foi para nós uma grande honra conseguir reunir representantes de algumas das maiores empresas mundiais na área da tecnologia, que prontamente aceitaram estar presente nesta iniciativa da IT PEERS”, revela Jorge Duarte, CEO da empresa portuguesa. “Além de querermos dar a conhecer as nossas soluções, também quisemos reconhecer as empresas que desde sempre confiaram em nós neste mercado que é conhecido por ser extremamente competitivo. Estamos no México desde 2014 e apesar de todas as dificuldades encontradas ao longo do percurso, estamos muito satisfeitos com tudo o que temos conquistado”, acrescenta. 

O evento contou com uma palestra dirigida por Jorge Roza de Oliveira, onde abordou a importância estratégica e relevância do setor das Tecnologias de Informação no México. A PROMEXICO, órgão do Governo Federal encarregado de coordenar estratégias destinadas a fortalecer a participação do México na economia internacional, falou sobre o interesse do mercado mexicano em diversificar as suas alternativas tecnológicas e Jorge-Alberto Yarte-Sada, International Senior Business Advisor da IT PEERS, apresentou a história da empresa portuguesa bem como os desafios e conquistas no mercado mexicano. Houve ainda lugar para a entrega de certificados a utilizados pioneiros das soluções IT PEERS naquela geografia. ANTAD, Fábrica de Jabon La Reinera, Mobility ADO e Sendica Education foram agraciadas com um certificado que teve como objetivo agradecer a confiança depositada na tecnologia que a IT PEERS desenvolve, nomeadamente através do produto Multipeers, que monitoriza todas as atividades de uma empresa em tempo real.
 

IT PEERS prepara evento no México 

A IT PEERS vai organizar, com o apoio da Embaixada de Portugal no México, um evento empresarial que tem como objetivo consolidar o compromisso da empresa nacional junto do tecido empresarial mexicano. Presente no México desde 2014, a IT PEERS pretende continuar a desenvolver alianças estratégicas com empresas mexicanas de renome, bem como aumentar a sua carteira de clientes nesta geografia. 

“É para nós um grande motivo de orgulho estarmos a preparar um evento em conjunto com a Embaixada de Portugal no México, pois é sinal de que a nossa empresa se destaca num mercado tão competitivo como o mexicano. Pretendemos mostrar a qualidade da tecnologia portuguesa junto de outras empresas mexicanas e também queremos passar a mensagem de que estamos aqui para ficar”, refere Jorge Santos Silva, LATAM Business Director da IT PEERS.

O evento terá lugar na Residência da Embaixada de Portugal no México no dia 19 de abril às 18:00. Começará com uma pequena palestra sobre a importância estratégica e relevância do setor das Tecnologias de Informação no México, dirigida por Jorge Roza de Oliveira, Embaixador de Portugal no México. De seguida, o Comendador de Portugal no México, Sérgio Pérez, falará sobre o interesse do mercado mexicano em diversificar as suas alternativas tecnológicas. Por fim, Jorge-Alberto Yarte-Sada, International Senior Business Advisor da IT PEERS, fará um breve resumo sobre a experiência e produtos da empresa portuguesa para o mercado do México.

“A IT PEERS tem tido um percurso muito positivo no México. Apesar de ser um mercado extremamente competitivo, as nossas soluções tecnológicas vão ao encontro das necessidades reais das empresas mexicanas. Estamos muito felizes com este evento pois sentimos que é o reconhecimento por parte da Embaixada Portuguesa pelo nosso esforço, dedicação e conquistas ao longo destes quatro anos”, refere Jorge-Alberto Yarte-Sada. 

IT PEERS e GTS Colômbia avançam com parceria para o RAAS

Presente em diversas geografias desde 2011 com os produtos Multipeers e Datapeers, chegou a vez de a IT PEERS avançar para a internacionalização do RAAS (Recovery as a Service). O RAAS foi lançado em parceria com a IBM em 2012 e após várias provas dadas no mercado nacional, a IT PEERS sente que este é o momento adequado para internacionalizar este produto. 

O RAAS é uma solução de replicação seletiva de dados, com possibilidade de ativação de desastre quase instantânea em servidores virtuais em ambiente remoto. A IT PEERS encontrava-se já há algum tempo no mercado à procura de um parceiro que reunisse as condições necessárias para comercializar o RAAS e após um longo trabalho de pesquisa, a empresa escolhida foi a GTS na Colômbia. 

A GTS é uma grande empresa colombiana que conta com mais de 300 clientes no setor governamental e que opera em mercados como o Chile, Perú, Equador e Panamá. “A GTS é um parceiro ativo e experiente, que tem bastante notoriedade no mercado e isso para nós também é muito importante. Além disso, a GTS possui um Data Center tier 3 state-of-the-art que vai permitir-nos com toda a segurança poder fornecer um excelente serviço ao cliente final”, afirma Jorge Santos Silva, Latin America Business Director.

O mercado colombiano foi escolhido devido à dinâmica positiva que apresenta face à modernização do seu parque tecnológico. “Acreditamos que devido às normas governamentais que regulam aspetos de segurança e disponibilidade temos aqui uma importante janela de oportunidade para inserir o RAAS neste mercado”, conclui Jorge Santos Silva

IT PEERS e U3: contrato de Joint Venture a caminho

Pela primeira vez desde a sua criação, a IT PEERS irá celebrar um contrato de Joint Venture. A empresa escolhida para esta parceria tão particular foi a U3, uma empresa brasileira tecnológica que atua na área dos Seguros. 

A associação entre as duas empresas conta já com um ano de intensas negociações e o resultado de todo este ano de trabalho é um co-branding que significará um aumento do mix de produtos de ambas as empresas. Este bundling de produtos surge no seguimento de uma estratégia de verticalização iniciada este ano pela IT PEERS com a criação do Multipeers4Fleets, um sistema de monitorização de negócio totalmente criado para servir o setor dos transportes. 

A integração nativa do Multipeers e do Blackbird (solução da U3 para a área dos Seguros) será comercializado numa ótica PaaS (plataforma como serviço) e irá permitir uma especialização vertical para o segmento de seguros para a área de retalho, correspondendo assim às expetativas e exigências dos clientes e grandes distribuidores. “Ao longo deste ano, e após uma aproximação aos grandes players do mercado latino americano, sentimos necessidades emergentes neste segmento de negócio e é com bastante orgulho que em breve estaremos no mercado com uma solução deste tipo”, refere Jorge Santos Silva, Latin America Business Director da IT PEERS. 

Inicie o seu próximo projeto.

Contacte-nos