Gestão de TI: quais as ameaças internas mais comuns e como eliminá-las?

A área de gestão de TI enfrenta diariamente desafios. Lidar com as ameaças externas é uma das maiores preocupações dos gestores de TI. Contudo, não é só no exterior que as ameaças se encontram. Mesmo dentro da organização existem ameaças reais e bastante graves que podem comprometer toda a segurança de uma empresa. No artigo de hoje, abordamos as ameaças internas mais comuns em TI e deixamos algumas dicas para que as possa eliminar!

Demasiados privilégios internos

Os administradores de sistema com acesso total aos dados e servidores da empresa representam uma ameaça. Aliás, todos os colaboradores de uma empresa representam uma ameaça à segurança, pois têm acesso a dados privados e, ao mudarem de cargo, podem colocar em risco toda a estrutura organizacional. O aconselhável é que cada colaborador tenha acesso apenas aos dados de que realmente necessita para trabalhar. Deste modo, a segurança da informação torna-se mais forte e será mais fácil identificar a origem de um eventual ataque.

Negligência interna

Os seres humanos erram e não há como evitar isso. Um exemplo muito comum é esquecer de verificar os relatórios de log de padrões suspeitos. A única forma de combater a negligência humana é automatizar o máximo de tarefas possível. A adoção de RPA por parte das empresas permite reduzir drasticamente a probabilidade de errar e, além disso, liberta os colaboradores para outras tarefas de valor acrescentado, aumentando a sua motivação.

Acesso de terceiros descontrolado

Fornecer a terceiros acesso aos dados é um erro muito cometido. As empresas têm o hábito de dar informação privilegiada a parceiros de negócio e não têm o cuidado de criptografar ou mascarar os dados, pois confiam que aquela será uma relação duradoura. No entanto, o que muitas vezes acontece é a relação comercial acabar e depois não se lembrarem de retirar os acessos. O aconselhável é fornecer aos parceiros os dados estritamente necessários para que possam trabalhar em conjunto e, assim que a relação comercial terminar, retirar todos os acessos aos dados privados.

Não fazer backup dos dados

Parece um conselho muito básico, mas infelizmente muitas empresas não têm ainda implementado uma política séria de backup. Vivemos num mundo cada vez mais conectado e com cada vez mais ameaças virtuais. Assim sendo, é essencial que esteja preparado para qualquer situação que possa colocar a segurança da sua informação em risco. Nos dias que correm, colocar uma senha de segurança nos seus arquivos mais importantes já não é suficiente. Fazer um backup de dados frequentemente é um passo fundamental para garantir que não vai perder dados sigilosos e de máxima importância. Além disso, é aconselhável que utilize um sistema de recuperação em caso de desastres, como o RAAS. O disaster recovery deve ser encarado como um must have nas empresas, pois é a garantia de que a informação mais importante da empresa está salvaguardada e de que a empresa continuará a funcionar corretamente mesmo quando problemas informáticos acontecem.

Não acompanhar a evolução tecnológica do mercado

Atualmente, a tecnologia evolui a uma velocidade alucinante, o que faz com que as empresas enfrentem constantemente o desafio de estarem atualizadas. Hoje em dia, a análise em tempo real é já uma realidade em muitas empresas. Se há uns anos era suficiente saber o que se passava na empresa uns dias depois dos acontecimentos, hoje essa realidade está completamente alterada. Analisar a informação empresarial em tempo real é o primeiro passo (e podemos arriscar dizer que é o mais importante) para conseguir decidir com consciência e de forma eficaz. Muitas empresas ainda cometem o erro de basear a sua atuação em relatórios com alguns dias. Sistemas como o Multipeers são cada vez mais imprescindíveis no mundo empresarial atual.

 

Conheça os serviços da IT PEERS na área da segurança! 

1 comentário em “Gestão de TI: quais as ameaças internas mais comuns e como eliminá-las?

  1. Pingback: Os principais indicadores de desempenho na área de TI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *